CAMARÃO-AMARELO ou CAMARÃOZINHO-de-JARDIM

Pachystachys lutea Nees – Família ACANTHACEAE

Quem não conhece esse arbusto que é tão cultivado nos nossos jardins e parques?

Trata-se da espécie Pachystachys lutea, popularmente conhecida por camarãozinho- de -jardim, planta-camarão e outros nomes envolvendo a palavra camarão.

O camarãozinho é uma espécie que ocorre nos trópicos ou em lugares de clima subtropical. É encontrada principalmente no Brasil e Peru.

Essa planta floresce na época quente e chuvosa do ano, entre setembro e março.

Os ramos das inflorescências são compridos, com as florzinhas dispostas uma a uma, lembrando as escamas do camarão.

Cada florzinha tem suas pétalas de cor branca, bilabiadas, hermadroditas. São afuniladas e inodoras. As flores são acompanhadas de uma bráctea, de cor amarelo ouro vibrante.

As flores produzem néctar como recurso alimentar para o polinizador.

A polinização é realizada por beija-flores e, de forma menos intensa, por abelhas capazes de coletar o néctar na cavidade da corola.

Nas cidades, o beija flor predominante que realiza a polinização é o Eupetomena macroura, o beija-flor tesoura. Mas o polinizador pode variar de acordo com a região e local em que estão plantados os arbustos. No entanto, os polinizadores efetivos do camarãozinho são nossos queridos beija-flores, podendo variar a espécie, mas não o grupo desses pássaros.

Publicado por Alexandra Gobatto

Bióloga, Doutora em Ecologia da Polinização e Biologia Reprodutiva.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: